Projetos Sociais

Projetos Sociais da PJC

DE CARA LIMPA CONTRA AS DROGAS
 
É um programa da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, desenvolvido com apoio da Secretaria de Estado Segurança Pública (Sesp). O programa é executado pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) de Cuiabá, e busca sensibilizar e conscientizar a sociedade de que a prevenção ao uso e a repressão ao tráfico de drogas não é apenas dever da polícia, mas responsabilidade de todo cidadão que deseja um mundo de paz.  
 
O “De Cara Limpa Contra as Drogas” objetiva prevenir o uso e combater o tráfico de drogas, conscientizando sobre os prejuízos irreparáveis para quem as usa e para toda a sociedade. O programa inclui atividades preventivas nas escolas, universidades, igrejas, clubes sociais, líderes  comunitários, e principalmente, com famílias de crianças e adolescentes em áreas e situações de risco, para que elas não se envolvam com o uso e tráfico de drogas.
 
O programa busca diagnosticar os fatores de risco para promover e ampliar os fatores de proteção, oferecendo alternativas interessantes e saudáveis, mostrando possibilidades de lazer, crescimento e realização pessoal aos jovens de diversas faixas etárias.
 
ARTE E CULTURA EM AÇÃO
 
 
O “Arte e Cultura em Ação”: revelando os talentos da Polícia Judiciária Civil é um projeto de integração dos servidores da Polícia Judiciária Civil, organizado pela Gerência de Avaliação de Desempenho Funcional e Qualidade de Vida. Desde 2008, o projeto ‘Arte e Cultura em Ação’ vem revelando talentos dentro da Polícia Civil, nas  mais variadas habilidades artísticas, entre elas a música, a dança, o artesanato, a pintura em tela, grafitagem, entre outros. O evento é uma oportunidade para os servidores revelarem seus dons artísticos, muitas vezes ocultos ou sem espaço para ser mostrado. As atividades acontecem geralmente na semana de comemoração ao dia do servidor público ou no encerramento do ano, em dezembro.
 
QUATRO ESTAÇÕES
 
Baseado nas estações climáticas do ano: outono, inverno, primavera e verão, o projeto “Quatro Estações” foi criado no ano de 2008 com o objetivo de aproximar os órgãos de Segurança Pública da comunidade, em busca da prevenção da criminalidade. Cada etapa tem duração de cerca de três meses, onde são executadas ações diferenciadas para atender as necessidades da comunidade. Visitas periódicas aos bairros da região da Base Comunitária e em contato direto com os moradores, as demandas da população são ouvidas e transformadas em ação social.
 
Para cada etapa é eleita uma ação, que visa ajudar moradores dos bairros ou melhorar a estrutura de lazer e segurança da comunidade, como a arrecadação de agasalhos, na estação outubro, para atender crianças, adolescentes e idosos no inverso, por exemplo. Em outras etapas estão programadas arrecadação de livros, brinquedos e alimentos não perecíveis.
 
O projeto Quatro Estações nasceu na Base Comunitária do Jardim Vitória, onde é executado desde sua criação.
 
REDE DIGITAL PELA PAZ
 
O projeto “Rede Digital Pela Paz” é um projeto da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, em parceria com a Secretaria de
Estado de Educação (Seduc), que visa promover ações de prevenção a violência e criminalidade no ambiente escolar, por meio de um site interativo na internet. A interação entre a Segurança Pública e os estudantes da rede pública de ensino se dá no ambiente virtual, através do site www.rededigitalpelapaz.mt.gov.br. O projeto foi criado pensando em envolver alunos de diversas idades e escolas como forma de fomentar uma cultura de paz, com ações voltadas a prevenção da criminalidade, orientadas com ideias dos próprios alunos.
 
O site “Rede Digital pela Paz” (www.rededigitalpelapaz.mt.gov.br) é um ambiente para a troca de experiências, denúncias, bate-papos, informação, publicação de artigos, sugestões de livros e biografias sobre drogas, violência, sexualidade, direito e deveres, oficinas digitais e outras ferramentas de interação, como forma de inserir o publico juvenil na discussão de temas de interesse social e que assolam a sociedade, como os homicídios praticados e vitimados por jovens tão corriqueiros na atualidade.
 
O site também é um espaço educativo para os alunos desenvolverem trabalhos que contribuam com a aprendizagem, e para o combate a violência e ações de segurança aos problemas enfrentados na comunidade escolar. A ideia é que adolescentes e jovens sejam autores do processo de prevenção da violência, produzindo objetos de aprendizagem digital.
 
O projeto, inicialmente, está sendo desenvolvido nas escolas João Panarotto, no CPA 4, Dione Augusta, no CPA 2, e Rodolfo Augusto, no bairro Paiaguás.
 
DE BEM COM A VIDA
 
O projeto “De Bem Com a Vida” é um projeto da Polícia Judiciária Civil de caráter preventivo e de controle ao consumo e venda irregular de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos. O projeto está alicerçado no artigo 63 inciso I da Lei de Contravenções Penais que prevê desde 1941, como conduta típica, o ato de servir bebidas para menores de idade, e no artigo 243 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que criminalizou o ato de vender, fornecer, ministrar ou entregar à criança ou adolescentes, produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica, ainda que por utilização indevida, além dos Códigos de Postura dos municípios que regulamentam a fiscalização e autuação de estabelecimentos comerciais.
 
O projeto “De Bem Com a Vida” objetiva reduzir os índices de criminalidade fomentados pelo consumo e venda de irregular de bebidas alcoólicas, sensibilizando as comunidades locais por meio de audiências públicas com foco em convencer os comerciantes a fecharem seus estabelecimentos comerciais às 23 horas. O projeto também prevê palestras nas escolas com foco na conscientização dos jovens acerca dos malefícios do uso indevido de álcool, capacitação de agentes, fiscalização em bares, entre outras atividades.

De Bem Com a Vida - Projeto Base- Campanha de Combate ao consumo e venda ilegal de bebidas alcoólicas para crianças e adolescentes
 
CIRANDA DA LEITURA
 
O projeto ‘Ciranda da Leitura’ é um projeto desenvolvido pela Coordenadoria de Polícia Comunitária para incentivar a leitura junto
às comunidades, ampliando o acervo das bibliotecas e escolas públicas de bairros.
 
As doações de livros, brinquedos e roupas podem ser entregues nas Bases Comunitárias de Cuiabá e de Várzea Grande, e também na Coordenadoria de Polícia Comunitária, localizada na Rua Diogo Domingos Ferreira, n. 442, Bairro Bandeirantes, em Cuiabá, maiores informações pelo telefone: (65) 3322-5527.
 
 
JOVENS TALENTOS DO BOXE
 
O projeto “Jovens Talentos do Boxe” busca por meio de práticas esportivas promover a integração entre os jovens de comunidades carentes na modalidade Box, evitando que os adolescentes se envolvam em crimes ou outros tipos de violência e que tenham uma oportunidade de encontrar uma profissão através do esporte.
 
A atividade esportiva também contribui com a educação: aprendendo a conhecer, aprendendo a fazer, aprendendo a ser e aprendendo a conviver, visando o desenvolvimento cognitivo do ser humano na busca da transformação social.
 
O projeto visa contemplar crianças e adolescentes dos seguintes bairros de Cuiabá: Alto da Boa Vista;Vila Real; Despraiado I e II, Residencial Despraido, Bom Clima, Vales dos Lírios, Ubirajara, Ribeirão do Lipa, Vista Alegre, Tropical Ville, Novo Colorado, Ribeirão da Ponte, Jardim Mariana, Amper, Sucuri, Bandeira e Tarumã.     
 
O projeto é desenvolvido pelo investigador de polícia Oswaldo Pereira por meio da Coordenadoria de Polícia Comunitária da Polícia Civil.