Notícias

MODERNIZAÇÃO

Escala de adicional noturno de policiais civis de MT passa a ser informatizada

20/06/2020 - 08:00
A informatização do adicional noturno entra em vigor neste mês de junho sendo, a partir de agora, feita exclusivamente realizada por meio eletrônico, no sistema GEIA

Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Coordenadoria de Gestão de Pessoas, instituiu a informatização da escala de adicional noturno dos policiais civis, conforme prevista na Portaria 020/2020, inovação que melhora e dá mais eficácia à metodologia de trabalho na instituição. Com essa nova ferramenta, pela primeira vez a Polícia Civil passa a ter os dados das escalas de plantões dos servidores diretamente no formato digital pelo campo correspondente no GEIA (Conjunto de Sistemas Corporativos da Polícia).

A informatização da escala de adicional noturno dos policiais civis de Mato Grosso entra em vigor neste mês de junho sendo, a partir de agora, feita exclusivamente por meio eletrônico.

O novo procedimento deixa para trás o grande volume de papel e impressões, aperfeiçoando o tempo de trabalho, dispensa a conferência, ganha celeridade no processo, diminuição de custo, entre outras vantagens e benefícios.O trabalho, que por muitos anos foi realizado manualmente pela equipe da Gestão de Pessoas para análise e conferência das tabelas mensais encaminhadas por todas as unidades policiais, agora passará a ser feita de forma eletrônica e mais segura.

A nova metodologia para lançar as informações no sistema será feita individualmente pelo próprio servidor, em formulário disponível on-line, no prazo fixado de sete dias dentro do período de trabalho e validado pelo chefe imediato.

A partir do momento em que o setor de Gestão de Pessoas receber as informações ocorrerá a redução no tempo na execução dos procedimentos e na compilação dos dados, agilidade na devolução da resposta para o policial e gestor, além da disponibilidade de consulta por parte do servidor.

A nova ferramenta promoverá a redução de determinadas despesas, como o consumo anual de folhas, materiais de expediente e até mesmo os gastos pelas Delegacias Regionais de envio pelo Correio, propiciando assim que esses valores inseridos no orçamento da instituição sejam direcionados para outros investimentos.

De acordo com o coordenador de Gestão de Pessoas, delegado Arnon Osny Mendes Lucas, os avanços tecnológicos já possibilitam que o tradicional meio de formalização de atos administrativos em papel impresso seja realizado por meio eletrônico.

“A Polícia Civil possui o sistema GEIA, no qual a implementação dos pedidos on-line de adicional noturno implicará na redução no consumo anual de aproximadamente 20 mil folhas impressas e outros materiais de expediente, bem como otimização dos recursos humanos e tempo de execução dos procedimentos. Além de possibilitar maior comodidade aos servidores e melhoria na transparência das despesas e informações aos órgãos de controle”, destacou o coordenador.

O coordenador de Gestão de Pessoas reforça ainda que a mudança proposta também vai gerar celeridade no trâmite dos procedimentos dentro da Gestão de Pessoas, que ocorrerá de forma on-linee assim o envio de pedidos e devolução de respostas e solução de eventuais inconsistências para os servidores correrão em frações de minutos, possibilitando, consequentemente, que os prazos de conclusão dos processos sejam reduzidos de forma significativa.

A PJC também está no Facebook, Flickr e Instagram. Siga-nos!

Assessoria de Comunicação Social
www.pjc.mt.gov.br
asscom@pjc.mt.gov.br
(65) 3613-5673

Compartilhe essa notícia